Pesquisar

 
CONFERÊNCIA “O PAPEL DA IGREJA NA PREVENÇÃO DOS MAUS TRATOS NA INFÂNCIA”
Acc 0242 1 710 999
17 de Outubro de 2014

Aos quinze dias do mês outubro de 2014, no Salão Nobre da Câmara Municipal, decorreu a 31ª Reunião da Comissão Alargada de S. João da Pesqueira. O Rev. Pe. António Manuel Teixeira Areias, da Diocese de Vila Real, a convite da CPCJ, dinamizou a conferência “O Papel da Igreja na Prevenção dos Maus Tratos na Infância”.
Como vem sido hábito, a Comissão tem realizado ao longo do ano, diversas ações de sensibilização e promoção dos direitos das crianças, estimulando o trabalho dos Elementos Representantes da Comissão Alargada com a apresentação de diversos temas relacionados com a prevenção do perigo por parte das diferentes Entidades nela representada.
O Rev. Pe. António Areias destacou, através da sua exposição, que o princípio no qual se fundamenta a ética cristã tem por base os mandamentos e bem-aventuranças, dos quais se retiram os valores e os deveres do Homem para com Deus, mas também do Homem para com o Homem. São estes os valores da Doutrina Social da Igreja que sustentam os pilares do humanismo integral e social que impulsionam a missão da Igreja e do trabalho dos que a representam na tentativa de “dar voz a quem não a tem”, neste caso às crianças vítimas de maus-tratos.
Realçou que este é um trabalho prático e teórico através de formação de consciências e participação na vida social, nos planos políticos, económicos e culturais, diretrizes com as quais se identificam os Párocos do Concelho, convidados a assistir a esta apresentação, juntamente com alguns elementos colaboradores da CPCJ, na área da educação e psicologia.
Regra de ouro:
"Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós a eles". (Jesus no Sermão da Montanha Mateus 7,12)

JNHJH