Pesquisar

 
Personagens Célebres | Famous People

São João da Pesqueira foi berço de inúmeras personalidades que se destacaram nas artes, nas letras, na política, na religião, e noutros sectores da actividade e da criatividade humana.

Destaquemos, aqui, algumas personalidades históricas.

 

São João da Pesqueira was home to numerous personalities who have excelled themselves in arts, literature, politics, religion, and other sectors of activity and human creativity.

Let's highlight, here, some historical personalities.

 

Marquês de Pombal

O marquês de Pombal (primeiro ministro de D. José), em menino e moço, estudou no convento franciscano da Vila de S. João da Pesqueira onde um tio padre ministrava lições de Latim. Terão surgido rivalidades com os marqueses de Távora por se terem oposto ao namoro e enlace matrimonial entre Pombal, filho de gente humilde, e a formosa descendente dos prestigiados Távoras.

 

Marquis of Pombal

The Marquis of Pombal (Prime Minister José), as a boy and a young man studied at the Franciscan convent of the village where his uncle priest ministered Latin lessons. It is said that there were rivalries with the marquises of Távora for having opposed to the dating and marriage between Pombal, a son of humble people, and the beautiful descendant of the prestigious Távoras.

 

Baltazar Fernandes

Foi um célebre Pintor quinhentista, onde a única referência encontra-se documentada na carta de D. Manuel I (11 de Junho de 1515), nomeando-o recebedor das sisas de Trevões e Várzeas

 

Baltazar Fernandes

Was a fifteenth century famous painter, where the only reference is documented in the letter from King Manuel I (11 June 1515), naming the recipient of the taxes of Trevões and Lowland.

 

D. Frei Acúrsio de Santo Agostinho

Nome religioso do cónego regular daquela ordem, natural de Ervedosa, e filho da ilustre família dos Távoras (D. João Gonçalves de Távora e D. Filipa de Melo). Viveu nos finais do século XVI inícios do século XVII, onde professou no convento de Sta. Cruz de Coimbra. Aí Ocupou altos cargos na congregação, como Superior Geral; foi Cancelário da Universidade em 1590, mestre de artes e professor de Teologia onde demonstrou ser um orador exímio.

D. Frei Acúrsio de Santo Agostinho

Religious name regular canon of that order, from Ervedosa, and son of the illustrious family of Távoras (Mr. João Gonçalves de Távora and Lady Filipa de Melo). He lived in the late sixteenth century and beginning of the seventeenth, where professed in the convent of Sta. Cruz de Coimbra. There held senior positions in the congregation, as Superior General; was Chancellor of the University in 1590, Master of Arts, and professor of theology where he proved to be an expert speaker.

 

D. Caetano de Gouveia Pacheco

Nasceu em Riodades em 1696, e ingressou na ordem de S. Caetano, com 18 anos de idade. Distinguiu-se como um notável pregador, e foi nomeado para lugares superiores como: qualificador do Santo Ofício e examinador das três Ordens Militares. D. Caetano foi Membro da Academia Real de História em 1735, e encarregado de escrever a "História do Bispado de Coimbra". Faleceu em Lisboa, a 4 de Março de 1768.

 

D. Caetano de Gouveia Pacheco

Was born in Riodades in 1696 and joined the order of St. Caetano when he was 18 years old. He distinguished himself as a remarkable preacher, and appointed to senior posts as: the Holy Office qualifier and examiner of the three Military Orders. D. Caetano was in Member of the Royal Academy of History in 1735, and was in charge of writing the "History of the Bishopric of Coimbra." He died in Lisbon on March 4, 1768.

 

Luís Augusto Pinto de Soveral

Nasceu em S. João da Pesqueira em 1853, onde foi figura de grande prestígio nacional e internacional, senhor de vasta cultura literária, e muito respeitado no Paço Real. Este foi oficial da Marinha e frequentou a academia Politécnica no Porto, bem como, a Universidade Lovaina na Bélgica. Luís Soveral ocupou elevados cargos políticos como: Fidalgo da Casa Real, Par do Reino, Conselheiro de Estado e Ministro dos Negócios Estrangeiros em Madrid, Roma e Londres. Foi amigo íntimo da Família Real Inglesa com quem privou, recebendo uma estima e admiração por parte do Rei Eduardo VII. Muito prestigiado, recebeu o título de Marquês de Soveral por carta ou mercê de D. Carlos I. Como curiosidade, Rafael Bordalo Pinheiro caricaturou-o, pela natural facécia do bem-humorado, inseparável da sua alta cartola e bengala. Faleceu em Paris em 1922.

 

Luis Augusto Pinto Soveral

Born in São João da Pesqueira in 1853, where was a personality of great national and international prestige, lord of vast literary culture, and highly respected in the Royal Palace. This was officer of the Navy and a Attended the Polytechnic Academy of Porto has held as the Lovaine University in Belgium. Luis de Soveral was held senior political positions: Nobleman of the Royal House, Peer of the Realm, State Councillor and Minister of Foreign Affairs in Madrid, Rome and London. He was a close friend of the British Royal Family with whom he got on well, and receiving very prestigious and the high regard per king Edward VII. He received the title of Marquis of Soveral by letter or mercy of King Carlos I. As curiosity, Rafael Bordallo Pinheiro caricatured him by the natural facetiousness of humorous, inseparable from its high top hat and cane. He Died in Paris in 1922.

 

Manuel Dias Alonso

Foi poeta popular, humilde, e possivelmente com costela galega, nasceu em São João da Pesqueira, nos finais do século XVIII. Maria Teresa Ribeirinha, natural de Sernancelhe, foi sua mulher, e também ela versejadora e cantadeira de fama. Cantavam ambos ao desafio durante horas na sua humilde varanda na vila de São João da Pesqueira, entretendo os serões rurais.

 

Manuel Dias Alonso

Was a popular poet, lowly, and possibility with a Galician ancestry, was born in São João da Pesqueira, in the late XVIII century. Maria Teresa Ribeirinha, from Sernancelhe, was his wife, and she was also a poet and famous of singer. They were both singing the challenge for hours on their humble porch in the village of São João da Pesqueira, entertaining the rural evenings.

 

José Maria Cunha Seixas

Nasceu em Trevões em 1836, e estudou direito na Universidade de Coimbra, com excelentes classificações. Atraído, muito cedo, pelo jornalismo, ainda estudante, fundou na cidade do Mondego o jornal "Académico". Estreou-se na literatura com o livro intitulado de "Estreias", que foi um sucesso na altura. Abriu o seu escritório de advocacia em Lisboa, ingressou na política, defendendo ideias liberais nos periódicos do seu tempo. Deixou várias obras literárias publicados, versando também filosofia, assuntos do foro jurídico e manuais de uso escolar.

 

Jose Maria Cunha Seixas

Was born in Trevões in 1836, and study law at the University of Coimbra, with excellent greetings. Very early attracted by journalism still a student founded in Mondego city the "Academico" newspaper. Was made in the literature with the book “Estraios” a literary success. He opened lawyer office in Lisbon, and joined in politics, advocating liberal ideas. He left many titles published, dealing with philosophy, issues of legal jurisdiction and school use textbooks.

 

Jorge de Távora

Jorge de Távora, Sacerdote da companhia de Jesus, dedicou a sua vida aos pobres, doentes, famintos e excluídos, a quem deram o nome de "Padre da Caridade". Contaminado pela peste de 1599 que grassou em Coimbra (onde estudou e exerceu o apostolado), expirou na doce paz dos justos a 20 de Maio desse mesmo ano.

 

Jorge Távora

Jorge Távora, Priest of the company of Jesus, dedicated his life to the poor, sick, hungry and excluded, whom they called "Father of Charity." Contaminated by the plague that raged Coimbra in 1599 (where he studied and practiced the apostolate), he died on 20 May of that year.

 

João Clemente de Carvalho Savedra

Nasceu em Ervedosa do Douro em 1865, e frequentou a Escola Normal do Porto, onde se diplomou em Professor do Ensino Primário, com excelentes classificações. De grande inteligência e cultura, viveu apaixonadamente os problemas do Ensino e da Educação, a nível do país, nesse sentido, viajou por vários países europeus em busca de experiências que enriquecessem a sua vocação inovadora e vanguardista ao nível de pedagogia para a aplicação no ensino primário em Portugal. Escreveu vários livros, compêndios e manuais escolares que foram oficialmente adoptados, com sucessivas e honrosas edições que ensinaram largas gerações.

 

João Clemente de Carvalho Savedra

Was born in Ervedosa do Douro in 1865, attended the Normal School of Porto, where he graduated as a Primary Education Teacher, with excellent grates. Great intelligence and culture, passionately lived the problems of learning and education, at the country level, in this sense, he toured several European countries in search of experiences that could enrich its innovative and avant-garde vocation in terms of pedagogy that could be applied in primary education in Portugal. He wrote several books and textbooks that have been officially adopted in successive and honorable editions and who taught several generations.

 

José Pinto Mesquita Gouveia

Nasceu em Ervedosa do Douro e licenciou-se em Direito. Foi conselheiro e exerceu outros elevados cargos, como o de Governador de Vila Real. Faleceu na Régua em 1909.

 

José Pinto Mesquita Gouveia

was born in Ervedosa do Douro and graduated in law. He was a counsellor, and has held other senior positions, such as Vila Real Governor. He died in Régua in 1909.

 

António Aires Pacheco

Natural do Vilarouco, António Pacheco estudou no seminário do Funchal. Ordenado, foi nomeado Cónego da Sé capitular. Madeirense Pregador notável, a sua fama correu o país inteiro, merecendo o honroso epíteto de "Ornamento do Púlpito Português". Dele ficaram vários sermões e orações fúnebres em exéquias solenes, como as que proferiu na morte de D. Carlos e do príncipe Luís Filipe, na Igreja do Mosteiro dos Jerónimos.
Quando o Cónego Pacheco faleceu, os jornais dedicaram-lhe honrosos e encomiásticos títulos, chegando a considerá-lo um dos primeiros dos nossos oradores sagrados, depois de do Padre António Vieira.

 

Antonio Aires Pacheco

From Vilarouco, studied at the seminary of Funchal. When ordered, he was named Canon of the Cathedral Chapter. "Madeiran" remarkable preacher, his fame went the whole country, deserving the honourable epithet of "Pulpit Portuguese Ornament". To him belong several sermons and funeral prayers in solemn funeral, as the one he gave at the death of King Carlos and Prince Luís Filipe, the Church of the Jerónimos Monastery.
When the Canon Pacheco died, the newspapers dedicated to him honourable and flattering titles regarding him as one of the first of our preachers, after Priest António Vieira.

 

José Paradela de Oliveira

Natural de S. João da Pesqueira nasceu a 15 de Março de 1904, foi um dos grandes fadistas da geração académica de Coimbra.
Frequentou a Escola do Magistério Primário de Vila Real, e, mais tarde, foi para Lisboa onde leccionou na Escola Industrial Fonseca Benavides. Em Coimbra, matriculou-se em Direito, e quatro anos mais tarde, de regresso à capital, terminou a licenciatura. Seguiu-se a magistratura, e notabilizou-se em diversos julgamentos de cariz político, defensor de arguidos resistentes à Ditadura.
Militante de esquerda, e sempre coerente com as suas ideias e ideário político, foi acérrimo opositor ao regime de Salazar, e participou na campanha às eleições a favor do General Norton de Matos.
Faleceu em Madrid, a 18 de Setembro de 1970.

 

José Paradela de Oliveira

Natural of S. João da Pesqueira was born on March 15, 1904, was one of the great “fadistas” of the academic generation of Coimbra.
He attended the Magisterium Primary School of Vila Real, and later went to Lisbon where he taught at the School Industrial Fonseca Benavides. In Coimbra, he enrolled in law and four years later, he returned to the capital and finished his degree. The Magistracy followed, and he was notable in several judgments of political nature, by advocating people resistant to Dictatorship.
Militant of the left-party, he was always consistent with his ideas and political ideas, he was a strong opponent of the Salazar regime, and participated in the campaign for the elections in favour of General Norton de Matos.
He died in Madrid on September 18, 1970.

 

Eduardo Augusto Tavares

Nasceu em São João da Pesqueira, em Julho de 1918. Órfão de mãe, desde pequeno, e de família de poucos recursos, o pai ficou em sérias dificuldades para criar sete filhos. Concluída a instrução primária, o jovem Eduardo fixou-se na cidade do Porto com apenas 12 anos, a trabalhar como moço de recados, numa loja proximo da foz. Nos momentos livres, abria a navalha (que servia de goiva, para além das que ele fazia com varas de guarda chuvas velhos) e insculpia figurinhas ou pequenas imagens em bocados de madeira que encontrava na rua.
Um santeiro (que fazia imagens de santos) de Custóias, observou o seu talento e chamou-o para ajudante. Depois, apresentou-o ao mestre Teixeira Lopes, que o admitiu na sua oficina de Vila Nova de Gaia, e, ao mesmo tempo, matriculou-o na Escola de Belas Artes no Porto, hoje faculdade de Belas Artes. Aluno brilhante, terminou o curso aos 26 anos, e foi homenageado pela classificação só igualada em 1911 pelo mestre Diogo de Macedo. Eduardo Tavares foi professor e Mestre com toda a sua humildade na escola onde estudou. Este assinou trabalhos de mérito, espalhados por praças e jardins do Norte e Centro. Destacando uma estátua dedicada ao "Emigrante", uma alegoria do título do célebre romance de Ferreira de Castro. A oficina do Mestre Eduardo Tavares situava-se no rés-do-chão da sua habitação modesta, na cidade do Porto. A maioria do recheio e outras recordações fazem parte, do actual Museu, situado na sua terra natal que representa a memória do trabalho e talento deste homem chamado Mestre.

 

Eduardo Augusto Tavares

Was born in São João da Pesqueira in July 1918. Motherless, from childhood, and from a family of poor resources, the father was in serious trouble to educate seven children. After primary education, the young Eduardo fixed in the city of Porto with only 12 years, working as errand boy for a shop close to Foz. In the free moments, opened his knife (which served as a gouge, besides what he did with sticks of old umbrellas) and craved figures or small images on pieces of wood he found on the street.
An image-maker (that made images of saints) Custóias, called him to help him. Then he introduced him to Master Teixeira Lopes, who accepted him in his workshop in Vila Nova de Gaia, and at the same time, he enrolled in the School of Fine Arts in Porto. Brilliant student he finished the course at the age of 26, and he was honored by the only equal grade in 1911 of the master Diogo de Macedo. Eduardo Tavares was a teacher with all this humanity and humility at the school where he studied. This one signed merit work, scattered squares and gardens of North and Central, highlighting the statue dedicated to "Emigrant", an allegory of the title of the famous novel by Ferreira de Castro. Master Eduardo’s workshop was located in grand floor of his modest house in the city of Porto. The most of the feeling  and other souveniers are part of the current museum, located in his hometown, Witch represents the memory of this man called the Master.

 

Sequeira Costa

Nasceu no Vilarouco em 1929. Dos 10 aos 12 anos teve lições de piano com o mestre Viana da Mota, e em 1946, ganhou o prémio "Paris", em concurso internacional. Foi um verdadeiro representante da Escola Viana da Mota, e um dos mais famosos pianistas do mundo.

 

Sequeira Costa

Was born in Vilarouco in 1929. Between 10 and 12 years old he took piano lessons with the master Viana da Mota, and in 1946 he won the prize "Paris" in an international contest. He was the important representative of the School Viana da Mota, and one of the most famous pianists in the world.

 

José Augusto Seabra

Nasceu a 24 de Fevereiro de 1937, na freguesia de Vilarouco. Licenciou-se em Direito pela Universidade de Lisboa. Este tornou-se num dos resistentes antifascistas da geração de 60 onde se exilou em França. Ali foi funcionário da UNESCO onde desenvolveu estudos em literatura. Quando regressou a Portugal, foi professor na Faculdade de Letras da Universidade do Porto que posteriormente se tornou Ministro da Educação do Governo de Mário Soares (1983-1985). A partir do término do seu cargo de ministro foi embaixador de Portugal na UNESCO e também exerceu cargos de diplomata na embaixada portuguesa em Nova Deli, Bucareste e Buenos Aires. Para além desta carreira este ilustre pesqueirense colaborou na imprensa diária fazendo análises políticas. Faleceu a 27 de Maio de 2004 em Paris.

 

José Augusto Seabra

Was born 24 of February in 1937, in Vilarouco. Graduated in Law in the University of Lisbon. This has become one of the antifascist resistance oh the generation of 60’s, where he was exiling in France. There he was an employee of UNESCO where he developed studies in literature at the University of Porto. After this has became Education Minister in the government of Mário Soares (1983-1985). When he finished this post of the minister was an ambassador of Portugal in UNESCO, and also exerted the position of diplomat at Portuguese embassy in Nova Deli, Bucarest and Buenos Aires. Beyond that career, this illustrious “pesqueirense” collaborated in the daily press marking political analyses. He died on 27 May 2004 in Paris.

 

João do Nascimento Costa

Nasceu na freguesia de Vilarouco em 1931. Exerceu diversos cargos em S. João da Pesqueira, destacando-se, sobretudo, como autarca. Presidente da Câmara durante várias mandatos, ganhou sempre as eleições livres e democráticas do pós 25 de Abril de 1975.
Trabalhador, dedicado e inteligente, este concelho deve-lhe o maior desenvolvimento que conheceu com empreendimentos de vulto, dotando-o das infra-estruturas essenciais em vários domínios, desde a cultura, às estruturas de recreio e lazer (Auditório, Pavilhão Gimno-desportivo e Piscinas Municipais), à rede viária, saneamento e abastecimento de água (Barragem de Ranhados), um dos problemas crónicos que afligia a população.
Faleceu a 8 de Outubro de 2006.

 

João Nascimento Costa

Was born in Vilarouco in 1931. He held numerous positions in S. João da Pesqueira, but he stood out mainly as a mayor. He was a Mayor for several mandates, having always won the free and democratic elections after the 25th of April 1975.
Hard-worker, devoted and intelligent, this county owes him the greatest development that met  in major projects, endowing it with the essential infrastructures in various fields. From culture to recreation and leisure facilities (Auditorium, Gym hall and Swimming Pools), the road network, sanitation and water supply (embankment of Ranhados), one of the chronic problems afflicting the population.
He died on 8 October 2006.