Pesquisar

 
Várzea de Trevões

Estabelecida numa encosta, a pouca distância da vila de Trevões, a localidade da Várzea ou Vargeas, como era conhecida, prima por possuir uma paisagem natural de rara beleza em seu redor.

Antiga sede de concelho, que se dizia ter um “termo muito pequeno”, a aldeia da Várzea de Trevões chegou a possuir setenta famílias, mas desconhece-se quantas delas teriam origens judaicas ou relações de parentesco com cristãos-novos, já que não possuímos documentação que possa ajudar a esclarecer a questão.

Terra fértil, os autores seiscentistas e setecentistas mencionam a qualidade do seu pão e do seu azeite e, especialmente, os “muitos e bons sumagres” que eram cultivados para produzir um pó utilizado no curtimento de peles de animais, em tinturaria e até na medicina. Desde períodos antigos, sabe-se que era enviado para a cidade do Porto e depois vendido para várias partes da Europa.

Na estreita vila da Várzea de Trevões, há a registar a existência de três importantes vestígios, entre os quais se destaca uma pitoresca habitação seiscentista, onde se conserva uma inscrição que ainda guarda muitos segredos dos tempos dos cristãos-novos.

Set on a hillside, just a short distance from the village of Trevões, the town of Várzea or Vargeas, as it was known, it has a natural landscape of rare beauty.

Formerly the county seat, which was said to have a "very small term," the village of Várzea de Trevões came to possess seventy families, but it is not known how many of them had Jewish origins or kinship relations with new Christians, since we do not have Documentation that might help clarify the issue.

Fertile ground, the authors of the sixteenth and seventeenth centuries mention the quality of their bread and their olive oil, but especially the "many good sumac" that were grown to produce a powder used in tanning of animals, dyeing and even medicine. From ancient times, it is known that it was sent to the city of Porto and then sold to various parts of Europe.

In the small village of Várzea de Trevões, there are three important vestiges, among which a seventeenth-century dwelling stands out, where preserving an inscription that still holds many secrets from the times of the New-Christians.

 

Mais informações em: | More information at:

Mapa interactivo dos vestígios encontrados